Fi-lândia

Uma Boa Noite talvez...

Entrou em casa, o jantar estava posto, mas mal se via as pessoas. Passavam todas correndo de um lado a outro, seu presença ali era imperceptível.

Fechou a porta, parou diante da sala movimentada e aguardou. Não foi imediato, mas aos poucos todos o viram. Após um longo e cansativo dia, disse apenas um cumprimento comum e lhes deu um sorriso, acalentando assim todo o medo que a culpa estava causando a todos até aquele momento.

Pôs-se para dentro, então, lembrou a todos que àquela hora, ainda que tarde, o jantar os aguardava, como duas vezes por semana, as únicas vezes que todos se encontravam.

O cheiro era bom, alguns nem se tocaram que havia massa sobre a mesa, a imudável, era sempre igual toda vez que estava posta à matar a fome de aguns.

O complemento dependia do dia, mas todos sabiam apenas que era aquilo que deviam comer. A massa terminou antes do esperado, todos já estavam prestes a se retirar quando sua voz ressoou, todos se viraram, lembrando que a indesejada sobremesa, que os atrasaria os afazeres estava por vir. Comeram. Enfim puderam se retirar. Todos como numa fração de segundos corriam rumo às suas importâncias, nem ao menos se lembraram que ele ainda estava ali, esperando ao menos um último cumprimento do dia, uma Boa Noite talvez...

Era tarde, todos já haviam saído, ficara então sozinho, ocupado admirando os restos que ainda estavam sobre os pratos, sujos, o único vestígio que dizia que alguém estivera por ali.

.......

PS: Texto escrito por Brunna http://www.fotolog.com/counterofstories

PPS: Entendam se puderem. ;D



- Postado por quem? Fih Quando? 22h02
[ ] [ envie esta mensagem ]

-------------------------------------------------------------------